terça-feira, 4 de outubro de 2011

Falsidade dos Meios para ter Fins

     Eu não sei com que frequência lês isto, nem se já leste tudo, mas eu já disse em Agosto (não faço link porque eu não trabalho para ti) que não bebia bebidas com álcool. Mas se há um momento do ano em que eu penso que se calhar até era fixe, é no Rally Tascas. A minha veia competitiva dá para isto. Mas depois lembro-me que aquilo não deve ter umas regras muito certas e provavelmente não há muito organização e deito a ideia fora, para mim se é para competir não é cá com regras em cima do joelho.

9 comentários:

Catarina disse...

Um conselho: Se não bebes regularmente, se és competitivo e gostas de ganhar... O rally tascas não é para ti... Mas isto é como tudo... Se os conselhos fossem bons... Não se davam, vendiam-se! Diverte-te nessa fantástica altura do ano que é a latada :)*

humming disse...

Ó David, não tenho nada a ver com isso, nem estou dentro do assunto, mas até me engasguei. Tu não me mates, rapaz, tu não te metas nos frascos, homem. Quando te der para isso ligas à humming, vamos à Haggen Dazs e ceamos na Ben & Jerry's. Há sempre outras opções. Até te mostro o melhor sítio para parecer doido em Lisboa.

Gonçalo disse...

Eu gostei do rally de tascas que tive nas praxes xD

David Pires disse...

Catarina, eu não bebo nunca, nem nunca bebi, por isso não te preocupes, não vou entrar em coma. Pelo menos não alcoólico.

humming, estão ai belas sugestões. E agora era um belo momento de engate com um "ah, mas eu não tenho o teu número". Mas vá eu vou deixar passar. :)
Não te preocupes, não há com álcool antes de ser milionário.

Gonçalo, eu não gosto do conceito, é uma desculpa para outras coisas.

humming disse...

No dia em que beberes, fumo um charuto. Espero que sintas o peso na consciência.

(verificação de palavras: corisco)

David Pires disse...

Era pior se fosse um maço de Malboros :)

Rata disse...

Eh valente!

David Pires disse...

Valente porquê?

Rata disse...

É só uma expressão.