sábado, 11 de junho de 2011

Andar

Rapariga que me apanhou a olhar para ela no metro, afinal estuda na minha escola. Não me afecta. Mas não sei como é que nunca a tinha visto, a escola só tem seis alunos (quase). Talvez seja por ela ter um metro e meio. Nunca mais a vou ver não há problema, a vida não é como nos filmes. 

Todos os miúdos entre os dez e os catorze andam sempre com os pés a arrastar, depois isso passa, para o andar de um adolescente convencido. Mais tarde pode evoluir de diferentes formas. Depende de vários factores, mas normalmente é para esconder alguma coisa, ou para mostrar um ponto de vista. Tenho de arranjar um andar fixe.

O meu vídeo está pronto, mas não está pronto. Ainda não estou satisfeito. Amanhã dou um novo toque. 

2 comentários:

ana disse...

A Pipi das Meias Altas fez um post a satirizar outro teu, acabo de ver e decidi vir dizer-te.
http://pipisemmeias.blogspot.com/2011/06/sonasol.html

David Pires disse...

:) tá ok. obrigado por dizeres. deu para rir :D