quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

Bater o Pé

Hoje estava no metro a bater o pé ao som da musica que entretanto ouvia. Isto fez-me lembrar quando tinha aulas de guitarra. Tive apenas 4 aulas de guitarra. Devia ter tido mais.
Na altura andava com um professor que era pago pela câmera municipal de Loulé, por isso eu nada pagava, mas mesmo assim desisti. Não desisti por ele ser exigente e difícil de perceber (não era português), desisti porque ao mesmo tempo que tinha aulas de guitarra estava num grupo de teatro e treinava (atletismo) três vezes por semana, para além da escola (primeiro ano do secundário). Estava a dar em louco, tinha de sair de alguma coisa porque eu não sou como aqueles miúdos que fazem 8 actividades por semana.
Desisti da guitarra. Acabei por sair do teatro. Deixei de treinar. Tudo no mesmo mês praticamente.

Talvez continue...

3 comentários:

Cláudia Neto disse...

acho que devias voltar ao teatro, faz bem à alma e ao humor..

humming disse...

Eu continuei umas quantas coisas há poucos anos. Ballet e música, são duas delas. Quanto menos tempo deixares passar, melhor; ainda por cima em Lisboa tens tantas opções. O meu instrumento é violoncelo, não foi fácil encontrar professor a preço pagável, mas professores de guitarra há aos pontapés. :)
Boa sorte :)

David Pires disse...

Claudia: não consigo. não sei explicar porquê.

humming: sim, opções em Lisboa, coisa que me dizem várias vezes. tenho pensado muito, mas não me consigo meter em nada. Mas obrigado pela sorte :)
Violoncelo=Uau!! adoro cordas.