quinta-feira, 18 de julho de 2013

Ocos


     "Tenho saudades". Eu também. "Saudades de quando íamos todos de autocarro a fazer parvoíce e depois ficávamos todos juntos na pousada a falar mal uns dos outros".  Eu não. Eu tenho saudades de ganhar. Saudades de sentir controlo total do meu corpo. Sentir a adrenalina a subir ao ouvir as três palavras que me faziam esquecer tudo, "aos seus lugares".
    Não posso dizer estas coisas, não posso mostrar que o que tenho saudades é de mim mesmo naqueles momentos. Mas também não minto, apenas sorrio e deixo pensarem o que quiserem.
   "O pessoal". As pessoas tem saudades da aparente união, daquela euforia do grupo. A memória brinca connosco e traz-nos apenas sorrisos e momentos leves, para trás ficam aqueles momentos em que desejávamos estar noutro lugar e que nos perguntávamos "o que faço eu aqui?". A memória é assim, gosta de lembrar os outros mas poucas vezes se lembra de nós.
     Por mais que pense, não tenho memórias de grupo que gostaria de repetir. (Podia agora divagar sobre a questão das pessoas em grupo e da falsa alegria, mas não é o momento certo, iam-me achar um pessimista, como sempre). Os grupos são como a família, não escolhemos quem faz parte deles e por isso com o passar do tempo começamos a perceber os pequenos defeitos de toda a gente e começamos a ficar aborrecidos daquelas pessoas que sabemos que só estão ali porque aquilo é um grupo.
    "Tens de ir visitar o pessoal!". Não tenho. Por vezes lembro-me dos momentos que passei, mas depois percebo que esses momentos nada têm a ver com as pessoas que me rodeavam, mas sim comigo mesmo. Na altura podia ter pensado em voltar, mas voltar significava voltar para tudo, e eu não tenho a capacidade de criar laços ocos outra vez.

3 comentários:

faa m. disse...

verdade verdadeira, não gosto de grupos em que não são amigos, simplesmente pertencem ao mesmo grupo..

eu já tive mais ou menos na mesma situação.. mas por acaso agora tenho uns grupinhos muito fixes em que sei que são mesmo meus amigos como eu sou deles. se eu precisar de alguma coisa não deixam de o fazer com uma desculpa esfarrapada, fazem logo tudo o que for preciso.

humming disse...

Profundo suspiro, David. Grata.

David Pires disse...

faa m., ainda bem que tens um grupo que gostas, mas isso parece diferente dos grupos que estava a falar.

humming, por vezes apareço por aqui :)