segunda-feira, 25 de abril de 2011

Argumentos

Eu não sou muito bom em conversas. Tenho rápido raciocínio para muita coisa, mas quando é para falar com alguém parece que me falham os argumentos, e numa discussão ainda é pior (apesar de ser muito raro eu discutir). Muitas vezes penso bem antes em tudo o que quero dizer, mas acabo sempre por me esquecer de muita coisa (apesar da minha bela memória) ou a conversa leva outro rumo e eu já não sou capaz de criar argumentos no momento, é uma das coisas que acho que claramente falho no meu dia a dia. Mas para além disso fico é muito frustrado quando momentos depois percebo que havia coisas muito boas que podiam ter sido ditas da minha parte. Já não vale a pena a maioria das vezes, ou eu acho que já não valeria a pena. Ás vezes fico mesmo chateado comigo mesmo. Não quer dizer que fique a remoer o assunto com cenas como "e se eu tivesse dito as coisas certas?", não fico, penso no momento que a conversa podia ter levado outro rumo. Se calhar não alteraria nada no final, mas isso nunca se vai saber, por isso não vale a pena perder muito tempo a pensar no assunto. Só gostaria de ter a mesma capacidade em tempo real que tenho quando só estou a pensar nas coisas, é que eu tenho muita coisa boa para dizer, não penso é nelas no momento certo.

7 comentários:

ana disse...

Não és o único a sofrer desse problema. Chego à conclusão de que quando a conversa é por escrito me saio muito melhor do que frente a frente. Não por não estar a ver a pessoa com quem estou a falar, como muitos dizem, mas sim pq tenho mais tempo para assimilar o que me dizem e pensar no que vou dizer a seguir. O problema das conversas é serem demasiado instantâneas :b

David Pires disse...

Exacto. Tens ai pontos de razão, mas prefiro sempre conversa frente a frente. :)

martolas disse...

Vale sempre a pena, quando a alma não é pequena.

ana disse...

Eu também. Era um exemplo. (:

David Pires disse...

Marta: Sempre é tão bom quanto um nunca.

Ana: Sim, eu percebi :)

Kat - カティア disse...

Eu acho que o mal é as pessoas pensarem que não vale a pena voltar atrás e falar do mesmo assunto. Isto porque, normalmente o assunto não é muito interessante, chateia os intervenientes, etc etc. Mas eu penso que, há relações que sofrem muito por não haver uma segunda oportunidade na conversa. Ficamos sempre com assuntos mal resolvidos e enfim... Tmb gostava de saber argumentar e nunca o faço à primeira.
É isso.

David Pires disse...

Ninguém gosta de falar de assuntos já falados, muito menos de forem cenas "puxadas". Medo. :)