quarta-feira, 2 de março de 2011

Publicidade

     Que cabelo é aquele que os adolescentes (eu já não sou! bom!) usam? Aqueles que parece uma peruca mal amanhada. Aquele cabelo que quando chega ao fim dá assim uma onda para cima que só pode ter sido feita com secador e muito amor (pela mãe). O meu cabelo não é nada de jeito, mas pelo menos não é igual ao de vinte gajos que passam por mim na rua. Por falar em igual, eles são todos iguais. Normalmente têm um brinco argola, as calças assim de uma ganga clara a cair pelo rabo abaixo e umas botas da Timberland (publicidade). Estão a ver quem são estes pategos? Pois. Eu não tenho nada contra estilos, desde que não andem em grupos de cinco até podem andar de corpete e calças de fato de treino da Nike (mais publicidade). Alguém criou esta moda, mas quem? 

9 comentários:

Cláudia Neto disse...

Esse corte de cabelo é normalmente denominado de "cabelo à fodasse", só para tua informação..

David Pires disse...

HUm... eu acho que não é esse. Esse já existe desde que eu sou criança. Esta cena tem menos tempo, mas se calhar chamam lhe o mesmo

ana disse...

LOL Geração Bieber. Mais nada. Não te esqueças do selinho xD

David Pires disse...

Vou tentar não esquecer!

martolas disse...

Não é. É aquele cabelo nojento rapado de lado, e com poupinha ridícula à frente. As calças de ganga e as botas vêm geralmente acompanhadas de uma camisa de flanela aos quadradinhos e barba mal feita. Arghhh! que nojdas

Things disse...

Não te esqueças da geração "emos", isso ainda está muito actualizado!

há e daqueles que parecem ter "tiques" no pescoço, sabes qual é?

David Pires disse...

Marta: Camisa de flanela! era isso que me faltava para o topo. nojdas é giro.

Things: sei quem são esses dos tiques sim, ridículo

humming disse...

Há dois dias um desses adolescentes, por eu estar há uns minutos a olhar para ele a fim de perceber o que se passava naquele cabelo, pensou que eu lhe estava a fazer olhinhos. Então esteve para ali a trocar olhares comigo, a criança. Isto realmente...

David Pires disse...

humming: os adolescentes querem sempre facturar, e normalmente não percebem nada. Falham o obvio.